Setor de segurança ganha associação

O segmento de segurança da informação passou a contar com uma associação específica. No final de 2014, foi fundada a Associação Brasileira de Profissionais e Empresas de Segurança da Informação e Defesa Cibernética (ASEGI).

O setor de segurança da informação conta com uma associação específica. Foto: everything possible/Shutterstock.acordo-teclado

A entidade reúne profissionais de diferentes verticais com o objetivo de abrir um diálogo com empresas usuárias, fornecedores e governo para monitorar, discutir e avaliar novas tecnologias e processos de segurança.

Segundo o Risk Report, a ASEGI quer desenvolver melhores práticas, programas de educação, além de criar padrões para a indústria e demais iniciativas promovidas por seus associados.

“Percebemos que as áreas de segurança das organizações estão desorganizadas. Queremos dar um direcionamento e ajudar as empresas a estabelecer um padrão”, explica Douglas Coutinho, vice-presidente de relações da ASEGI.

Uma das formas em que a entidade irá atuar é na formatação de normas de segurança para empresas que querem atender ao governo.

Além disso, a entidade promoverá aulas, workshops e orientações personalizadas. Cursos em gestão de segurança da informação serão desenvolvidos para atender o mercado e as demandas das instituições de ensino.

“O foco inicial é em pós-graduação, mas já estamos começando a estudar formatos para também termos cursos de graduação”, complementa.

Embora seja formado em sua maioria por profissionais de segurança, Coutinho destaca o interesse de executivos de outras áreas que desejam entender melhor a importância deste segmento em suas organizações.

“Temos CEOs, por exemplo, se associando para compreender a relevância desta área em sua organização”.

Além disso, alguns fornecedores também estão se associando com a proposta de discutir as melhores definições conjuntamente com os usuários.

 

Fonte: http://www.baguete.com.br/noticias/07/08/2015/setor-de-seguranca-ganha-associacao