Uso de eletrônicos durante todo o voo será permitido no Brasil, diz Anac

Seguindo o exemplo norte-americano, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse ao Olhar Digital nesta sexta-feira que o uso de equipamentos eletrônicos durante pousos e decolagens também será liberado no Brasil, mas não sabe quando entrará em vigor.

A Anac mantém acordo de cooperação técnica com a FAA (Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos) e adianta que a permissão será validada apenas quando houver garantia de segurança, conforme determinado nos EUA. Até lá, o uso permanece restrito para evitar interferências nas operações das aeronaves.

A medida para liberação gradual dos eletrônicos é um pedido antigo dos passageiros, que cada vez mais trocam revistas por tablets durante os voos. O regulamento aprovado pela FAA, no entanto, tem algumas exceções e pede que os celulares permaneçam em “modo avião”.

A implementação da novidade pode variar entre as empresas aéreas porque elas possuem autonomia sobre seus procedimentos de segurança. Até o fim do ano, a agência americana espera que a maioria das companhias consiga cumprir a orientação. Contudo, elas continuarão tendo liberdade para solicitar aos clientes que desliguem os aparelhos em casos específicos.

Os novos procedimentos adotados nessa quinta-feira resultam dos estudos de um comitê criado em janeiro para avaliar o assunto. Participaram das discussões especialistas das empresas aéreas, dos fabricantes de aeronaves, grupos de passageiros, associações de pilotos e comissários de bordo e fabricantes dos eletrônicos.

http://olhardigital.uol.com.br/noticia/38603/38603