Telefónica implementa 100G em rede submarina nas Américas

A multinacional de roaming da Telefónica, a Global Solutions, anunciou uma parceria com a Ciena para implementação de tecnologia de transporte óptico 100G na rede submarina e terrestre SAm-1, que conecta os EUA à América Latina – medida que promete suportar a demanda internacional por serviços premium de banda larga, como computação em nuvem, vídeo e serviços de colaboração empresarial.

submarine-cableA rede SAm-1 é considerada pela companhia o maior sistema submarino de fibra óptica que conecta os EUA à América Central e à América do Sul, com estações de entrada de cabos na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guatemala, Peru e EUA, incluindo Flórida e Porto Rico. A rede transporta diariamente mais de 2 Tbps de tráfego de dados nos horários de maior demanda e mais de 20 bilhões de minutos de voz internacional por ano, além de permitir serviços IP superior a 6 Tbps.

Entre os produtos adotados estão o 5400 Reconfigurable Switching system (Sistema de Comutação Reconfigurável) e 6500 Packet-Optical Platform (Plataforma de Pacotes Ópticos), equipados com os Processadores Ópticos 100G WaveLogic 3, incluindo recursos de bypass óptico GeoMesh, que promete  comportar a rede submarina e terrestre de 25 mil km. O sistema 5400 é equipado com processadores ópticos e fornece serviços 100G por meio de links de rede, incluindo o de rede submarina de 6.7 mil km, que conecta Boca Raton, na Flórida, à cidade de Fortaleza, no Brasil; e um link de rede terrestre de 2.1 mil km que conecta Buenos Aires, na Argentina, a Valparaíso, no Chile. A solução de comutação promete melhorar o gerenciamento de tráfego e a disponibilidade de largura de banda nas estações de entrada de cabos da Telefónica nas Américas.

A companhia também utiliza o ‘OneControl Unified Management System’, que inclui recursos de gerenciamento em diversas camadas, o que promete agilizar a ativação de serviços, gerenciamento de falhas e monitoramento de desempenho.

A tecnologia de pacotes ópticos convergentes é usada pela Telefónica em 14 países. “Podemos oferecer melhores serviços internacionais de banda larga a preços competitivos, com qualidade ainda maior e que atendam as necessidades de capacidade projetadas para a região”,  disse Alejandro Martinez-Rosillo, diretor de tecnologia e de infraestrutura da Telefónica Global Solutions.

Segundo o presidente da Ciena, Gary Smith, a solução GeoMesh incorpora um projeto de rede óptico que conecta os segmentos submarino e terrestre em um link único  e integrado com a comutação inteligente, para permitir mais rapidez e disponibilidade dos serviços. “Essa implementação demonstra o compromisso da Telefónica em aumentar a disponibilidade de largura de banda e de transporte de dados em alta velocidade para os seus clientes dos EUA, da América Central e da América do Sul”, declarou.

fonte: http://ipnews.com.br/telefoniaip/index.php?option=com_content&view=article&id=28365:telefonica-implementa-100g-em-rede-submarina-nas-americas&catid=37:banda-larga&Itemid=572