Empresa lança 1º pacote de 4G residencial do Brasil

fares-nassarA On Telecom, empresa do bilionário George Soros, lançou nesta terça-feira (6) sua operação oficial de banda larga móvel de quarta geração (4G) para residências, um segmento apenas explorado por 12 companhias no mundo.

A On atuará no interior de São Paulo, na região de Campinas, já em setembro, e nos arredores de São José dos Campos, no começou de 2014. Essa é a estreia da empresa, formada inicialmente quando o fundo de Soros comprou a Sunrise Telecomunicações.

Diferentemente das ofertas de 4G das grandes operadoras, a On ofertará pacotes apenas por modems e inicialmente voltados às residências.

Funciona assim: os aparelhos recebem o sinal do 4G e criam uma rede Wi-Fi doméstica. Por serem conectados diretamente na tomada, necessitam apenas de energia elétrica e dispensam o uso de linhas telefônicas. “Uma das vantagens é a portabilidade”, disse o presidente-executivo da On, Farès Nassar. Se o aparelho estiver instalado na sala e o sinal do Wi-Fi falhar no quarto, é só conectar o modem no cômodo.

Os pacotes disponibilizados pela companhia oferecem velocidades de 5 Mbps (Megabit por segundo) e 10 Mbps. Segundo a empresa, contratualmente há o compromisso de entregar 60% dessa taxa –atualmente as teles são obrigadas a entregar 20% do contratado, segundo uma determinação da Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel), que estipula um aumento gradual nos próximos anos.

A empresa atribui essa capacidade ao fato de utilizar a tecnologia de TD-LTE, enquanto as operações móveis de 4G, como a de Claro, Oi, TIM e Vivo, utilizam o FD-LTE. Segundo Nassar, essa tecnologia é utilizada por apenas 12 companhias no mundo, no Oriente Médio e na Ásia, como a China Telecom, a maior operadora de telefonia em números de usuários.

Com essa tecnologia, é possível a capacidade da banda larga reservado para envio e recebimento de dados conforme a utilização dos usuários. Segundo Nassar, no FD-LTE, as bandas reservadas para envio e recebimento são estanques.

Os pacotes da On variam entre franquias de 10 GB (Gigabyte), por R$ 99,90, de 30 GB, por R$ 129,90, e 100 GB, por R$ 169,90.

A On fez testes nas cidades de Itabira, Valinhos, Vinhedo e Louveira, na região de Campinas. Na primeira, a meta era chegar a 10% de participação, mas alcançou 20%. Ao todo, já atende a 3 mil clientes.


http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/08/