Carregando Pesquisa
Facebook Twitter
Apostilas Artigos Aulas Tutoriais Blog Ferramentas de Rede Vídeos Fórum Downloads Colabore Fale Conosco
» artigos
:: Cabeamento 10GBase- T

José Mauricio Santos Pinheiro em 13/10/2004

 

A tecnologia Ethernet, desenvolvida há mais de 20 anos, conta atualmente com mais de 100 milhões de pontos instalados no mundo inteiro, sendo a mais utilizada das tecnologias de redes locais. A crescente demanda de maiores taxas de transmissão das diversas aplicações de redes locais de computadores ocasionou a evolução desta tecnologia de forma gradativa, partindo da velocidade de 10Mbps para 100Mbps e daí alcançando 1Gbps até os 10Gbps.

Com a atual tendência para as redes GbE (Gigabit Ethernet), as tecnologias de transmissão levaram as infra-estruturas de cabeamento ao seu limite. O mercado buscou desenvolver então um novo padrão para prover margens de performance compatíveis com as necessidades presentes e futuras das novas aplicações de redes de computadores.

Gigabit Ethernet

O padrão Gigabit Ethernet (IEEE 802.3z) é um padrão de camada física (PHY - Physical Layer) e de controle de acesso ao meio (MAC – Media Access Control), especificando a camada de Enlace do modelo OSI, enquanto que os protocolos das camadas superiores como o TCP e o IP especificam porções das camadas de Transporte e de Rede. Este padrão é a base para comunicação ponto-a-ponto entre os equipamentos de uma rede de computadores.

A tecnologia Gigabit Ethernet surgiu da necessidade criada pelo aumento de largura de banda nas "pontas" das redes (por exemplo, servidores e estações de trabalho) e também pela redução constante dos custos entre as tecnologias compartilhadas e comutadas, juntamente com as demandas das aplicações atuais.

Cabeamento categoria 7

A Categoria 7/ Classe F é uma nova categoria ou classe de desempenho que apresenta uma largura de banda de 600Mhz e que usa um tipo de conector diferente do RJ-45 tradicional. No caso do conector, foi padronizada pelo IEC uma interface do tipo não-RJ designada por IEC 61076-3-104, padrão destinado aos sistemas de cabeamento estruturado de Categoria 7/Classe F.

Figura 1 - Conector IEC 61076-3-104 – Fonte: Siemon Company

A infra-estrutura para atender a Categoria 7 utiliza cabeamento S/FTP (Screened Foil Twisted Pair). São cabos com dupla blindagem, onde cada par individual recebe uma blindagem do tipo "folha metálica" (foirl) e todos recebem uma blindagem geral tipo malha de blindagem (screened). Os sistemas dessa Categoria somente podem ser implementados utilizando os cabos S/FTP, não existindo nenhum cabo UTP e ScTP Classe F/ Categoria 7.

Figura 2 - Cabo S/FTP – Fonte: Siemon Company

A Categoria 7 foi desenvolvida para ser um sistema aberto, capaz de suportar algum padrão de rede Gigabit Ethernet, ou mesmo para ser utilizada em alguma arquitetura de rede ainda mais rápida. Dessa forma, os cabos da Categoria 7 se enquadram em um novo padrão de cabeamento de rede em par trançado, que utilizam os 4 pares de fios blindados e hardware de conexão também blindado, sendo capazes de trabalhar com freqüências de 600MHz, em contraste com os cabos cat 5 e cat 5e que suportam freqüências de até 400MHz.

As especificações de diversos itens referentes a interconectividade (hardwares de conexão) ainda encontram-se em desenvolvimento, mas os links que utilizam o cabeamento Categoria 7 já estão classificados como Classe F na norma ISO.

Na tabela seguinte é apresentado um resumo das principais características do cabeamento em par metálico segundo as normas ISO e EIA/TIA:

ISO

EIA/TIA

Utilização

Cat 1

Serviços telefônicos e dados de baixa velocidade

Cat 2

RDSI e circuitos T1/E1 - 1,536 Mbps/2,048 Mbps

Classe C

Cat 3

Dados até 16 MHz, incluindo 10Base-T e 100Base-T

Classe B

Cat 4

Dados até 20 MHz, incluindo Token-Ring e 100B-T (extinto)

Classe D

Cat 5

Dados até 100 MHz, incluindo 100Base-T4 e 100Base-TX (extinto)

Cat 5e

Dados até 100 MHz, incluindo 1000Base-T e 1000Base-TX

Classe E

Cat 6

Dados até 200/250 MHz, incluindo 1000Base-T e 1000Base-TX

Classe F

Cat 7

Dados até 500/600 MHz

José Maurício Santos Pinheiro
Professor Universitário, Projetista e Gestor de Redes, 
membro da BICSI, Aureside e IEC.

Autor dos livros:
 
· Guia Completo de Cabeamento de Redes ·
· Cabeamento Óptico ·
· Infraestrutura Elétrica para Redes de Computadores
·
· Biometria nos Sistemas Computacionais - Você é a Senha ·

E-mail: jm.pinheiro@projetoderedes.com.br

© www.projetoderedes.com.br - Termos e Condições de Uso