Carregando Pesquisa
Facebook Twitter
Apostilas Artigos Tutoriais Aulas Blog Ferramentas de Rede Fórum Downloads Colabore Fale Conosco
» artigos
:: Aplicações para Redes Wireless

Prof. Especialista José Mauricio Santos Pinheiro - 08/05/2005

 

As redes de computadores e os sistemas de TI (Tecnologia da Informação) se tornaram parte do dia a dia das empresas e das pessoas, motivando, inclusive, esforços rumo a uma maior diversificação e adoção de novas tecnologias de redes.

Sem duvida, quando o assunto é adoção de novas tecnologias, sabemos que dificilmente adota-se uma nova tecnologia se não for implícita a redução de custos diretos ou indiretos com equipamentos, sistemas ou mesmo pessoas.

Na abordagem sobre redes wireless, onde os custos de implantação ainda não são o fator mais atraente, torna-se complicado justificar a troca de uma estrutura de cabeamento convencional existente por uma rede wireless sem que haja um motivo muito forte para efetuar essa troca, isso sem mencionar o fator segurança, muito discutido para redes sem fio.

Mobilidade e Ubiqüidade

O conceito de "mobilidade" pode ser entendido de várias maneiras. Atualmente, a idéia de mobilidade em redes de computadores está associada à possibilidade de se comunicar a qualquer momento (anytime) e de qualquer lugar (anywhere).

O conceito de "wireless", por sua vez, pode ser entendido como a transmissão de voz e dados através de ondas de rádio, luz ou outro meio que dispensa o cabeamento convencional, ou seja, a comunicação sem fio. Seu objetivo também é fornecer "ubiqüidade" ao usuário, ou seja, acesso a qualquer tipo de informação, a qualquer hora e de qualquer lugar.

Quando utilizar redes wireless?

As redes wireless atualmente constituem-se em uma alternativa às redes convencionais com cabeamento, complementando e fornecendo as mesmas funcionalidades destas de forma flexível e apresentando boa conectividade em áreas prediais ou de campus.

São soluções normalmente aplicadas onde uma infra-estrutura de cabeamento convencional (cobre ou fibra óptica) não pode ser utilizada. Redes wireless viabilizam dessa forma o atendimento de pontos de rede com a mesma eficiência e até mesmo uma melhor relação custo/benefício em relação ao sistema de cabeamento convencional nesses casos.

No ambiente corporativo, por exemplo, existem diversas aplicações possíveis para as redes wireless, pois esta como outras tecnologias, tem seu lugar dentro da infra-estrutura das redes locais. Entretanto, como todo projeto de rede deve apresentar seus benefícios, torna-se necessário justificar a utilização desta ou daquela tecnologia. Alguns exemplos de quando é justificável disponibilizar redes wireless em lugar de uma rede estruturada são os seguintes:

Locais onde não e possível instalar o cabeamento convencional, como prédios tombados pelo patrimônio histórico, por exemplo;

Aplicações que envolvam solução de software mais computadores portáteis como coletores de dados, leitores RFID ou códigos de barras;

Acesso a Internet em locais públicos, como hotspots Wi-Fi, por exemplo.

A questão principal é verificar qual a dimensão necessária para cada solução de rede disponível e, dependendo dos custos das soluções selecionadas, é que poderemos considerar as diversas possibilidades de combinação das tecnologias para a aquisição dos equipamentos necessários.

Questão de segurança

A segurança é um dos temas mais importantes abordados nas redes wireless. Desde seu inicio, os fabricantes e organismos internacionais vêem tentando disponibilizar protocolos que garantam as comunicações, mas nem sempre com bons resultados.

Com relação aos aspectos de segurança entre as redes wireless e as redes estruturadas é possível disponibilizar meios de garantir a segurança da rede através de mecanismos de autenticação (WEP, EAP, listas de acesso e outras), embora na pratica o se vê nas implantações de redes wireless são apenas chaves de criptografia, com listas de acesso restringindo os endereços de hardware que podem associar-se à rede wireless.

Conectividade

A grande maioria dos padrões wireless existentes permite plena conectividade e atende aos padrões e normas dos organismos internacionais. Isto significa que, uma vez utilizando equipamentos padronizados, redes wireless podem ser interconectadas as redes de cabeamento convencional sem maiores problemas e equipamentos utilizando dispositivos wireless interagem com as maquinas da rede estruturada (e vice-versa), sem qualquer restrição. Por esse motivo, podem ser utilizadas em WAN’s ou LAN’s, seja para a conexão de pontos distantes, seja simplesmente para diminuir ou eliminar o cabeamento existe na rede local, por exemplo.

Limitações tecnológicas

As redes wireless são realidade em vários ambientes, principalmente naqueles que requerem mobilidade para seus usuários. Há várias tecnologias envolvidas e cada uma tem suas particularidades, suas limitações e suas vantagens. Por se tratar de uma tecnologia relativamente nova, ainda existem algumas limitações para os padrões wireless, como alcance e velocidade, quando comparamos aos sistemas estruturados.

Atualmente as limitações de cobertura geográfica têm sido superadas pela utilização de uma arquitetura de sistemas de distribuição, através da qual pode-se aumentar a abrangência das redes wireless utilizando técnicas de interconexão de em um esquema semelhante aquele utilizado nos sistemas de telefonia celular.

Conclusão

Sempre há novos desafios que surgem quando um novo meio de conexão é introduzido no ambiente de uma rede de computadores. Embora os serviços de comunicação baseados nas tecnologias wireless sejam atualmente a área que apresenta o maior índice de crescimento no mundo, motivado principalmente pelo enorme potencial de mercado que está por trás destes serviços, os custos de implantação das soluções wireless ainda é uma questão delicada para justificar a sua ampla adoção em substituição aos sistemas estruturados existentes.

A tecnologia de redes wireless nos apresenta ainda novos desafios em relação à segurança, mobilidade e configuração. Sua característica dominante está ligada à mobilidade e sob este aspecto, as redes wireless podem ser usadas como uma solução complementar às redes estruturadas existentes. Esta seria a aplicação ideal, considerando que a velocidade das redes wireless de um modo geral ainda é mais baixa em relação às redes com cabeamento (os padrões wireless atuais operam com as mesmas velocidades que eram consideradas de última geração para redes fixas há alguns anos) e o custo ainda é mais alto que uma solução estruturada na maioria das vezes. A melhor relação custo / benefício seria então usar a rede estruturada para interligar os equipamentos fixos e utilizar pontos de acesso wireless para interligar os equipamentos portáteis (notebooks e outros).

As tecnologias wireless exigem a implantação de políticas de segurança que conduzam sua utilização. Assim, providencias devem ser tomadas quanto aos aspectos de segurança, que podem incluir desde a implantação de sistemas de detecção de invasões para redes wireless, instalação de dispositivos de travamento, implantação de firewall’s pessoais e separação das estações dos firewall’s corporativos da rede estruturada.

Finalmente, um outro aspecto que deve ser observado quando comparamos redes estruturadas e redes wireless é a configuração dos dispositivos de rede, que se tornam cada vez mais simples. Considerando que as redes wireless adicionam novos recursos e métricas (que são acrescentados aos parâmetros de configuração da rede), acabamos por adicionar uma maior complexidade e, em conseqüência, passamos a ter mais itens a serem monitorados, situação pouco interessante para quem administra os recursos da rede.

José Maurício Santos Pinheiro
Professor Universitário, Projetista e Gestor de Redes, 
membro da BICSI, Aureside e IEC.

Autor dos livros:
 
· Guia Completo de Cabeamento de Redes ·
· Cabeamento Óptico ·
· Infraestrutura Elétrica para Redes de Computadores
·
· Biometria nos Sistemas Computacionais - Você é a Senha ·

E-mail: jm.pinheiro@projetoderedes.com.br

© www.projetoderedes.com.br - Termos e Condições de Uso